14 de janeiro de 2010

Mais que cover... é CASH!

Sabe aquela música que você gosta, mas não é sua favorita…? Que precisa tocar, mas se não tocar você não vai entrar em crise? 
Mas que depois de ouvir o cover, você se apaixona, sem explicação. Não é porque o cover é melhor que o original, mas são diferentes… e parece que o cover é o original de tão certo que deu… 
Assim é Personal Jesus e também Hurt. Ok, a interpretação do Dave (Depeche Mode) é impecávelmente perfeita (sim, eu ainda amo DM, fazer o que?!). Mas como não reconhecer que o Johnny Cash cantando dá um outro tom, uma cara mais parecida com o que a letra quer passar (isso ao meu ver, ok?!) 
  
 

As versões: 
  • Depeche Mode (Original)

 
  
  • Johnny Cash (Cover)

 
  
Mas, não existem palavras no mundo que possam descrever o que é o Johnny Cash cantando Hurt, do Nine Inch Nails. O Trent é maravilhoso, mas como não se emocionar com o Johnny cantando, ele dá uma carga de emoção enorme à letra, no vídeo tem as imagens da vida dele… eu confesso que choro quando vejo esse vídeo… fico imaginando se ele não chegou a pensar aquilo, e quantas vezes não sentiu daquela maneira… Se o Trent cantando já corta o coração, imagine o Johnny… 
  

As versões: 
  • Nine Inch Nails (Original)

 
  • Johnny Cash (Cover) 



 Duas músicas dos meus últimos dias (ontem e hoje…rs)

__

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...