7 de janeiro de 2011

Belas Artes: A triste despedida

Foto: Rodrigo Capote/Folhapress


Não foi possível evitar, agora é definitivo, o Belas Artes vai encerrar suas atividades no fim desse mês (dia 27). Mesmo depois da campanha “Salve o Belas Artes” que mobilizou a cidade no ano passado, com restaurantes aderindo e presenteando clientes com um ingresso e uma sobremesa que doassem R$5,00 para a campanha. E depois de finalmente ter conseguido patrocínio no final do ano passado, o proprietário pediu o prédio de volta.
 É realmente triste saber que um espaço cultural e histórico vai fechar as portas. O Belas Artes é mais que um cinema, é um refúgio.
Eu comecei a frequentar, esporadicamente, a uns 2 anos. Sempre que ouvia falar do Noitão do Belas Artes me interessava, mas ou perdia a data ou não tinha com quem ir. Ano passado comecei a ir, sozinha, e de fato é uma experiência bem divertida, passar a noite vendo filmes na telona
.

Realmente é muito bom, e sem falar que sempre tem uma estreia de um filme. O fator surpresa é empolgante. rs
Li numa matéria, agora já não lembro mais onde, que o Sturm tem como projeto abrir outro espaço para manter um cinema e também o Noitão. Vamos esperar torcer para se concretizar, mas mesmo assim a saída do Belas Artes de seu espaço histórico (“Desde 1952″, como diz a fachada do prédio) é de partir o coração de quem conhece e gosta de lá.
Acho que quem não teve a oportunidade de visitar e frequentar tem que aproveitar esse tempo pra correr e ir pra lá. Não espere salas 3D ou mega modernas, mas sim a sensação de estar num “dinossauro” cinéfilo, um refúgio que resistiu arduamente a tantos anos e mudanças, agregando charme e o simples gosto por cinema ao lugar. Não é cinema de shopping, não são filmes blockbusters, são filmes diferenciados, um circuito alternativo. Um recanto para ir, sentar e tomar um café enquanto espera a sessão começar, assistir um filme com calma e aproveitar.
Vai fazer falta, um lugar assim, simples e gostoso de estar e fácil de chegar. rs
Ah, e como é gostoso sentar na beira da janela do andar superior e ficar observando a Avenida Consolação enquanto espera o filme começar, ou durante o Noitão entre um filme e outro, ver pela janela o movimento constante numa sexta à noite.
Dia 14, segunda sexta-feira do mês, terá mais um Noitão como já é tradição. Esse ultimo deve encher, já que marca uma despedida para o evento. E dependendo da programação e se conseguir garantir o meu, estarei lá.
Bem que podia ter uma campanha para o proprietário manter o espaço e o cinema. Enquanto isso, a cada filme uma despedida… Começar a minha semana que vem…

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...