2 de junho de 2011

Cold cold heart

Lá fora faz frio, na verdade dentro também...rs

Mas é bom ter algo que aquece não só o corpo, mas também a alma. Seja uma palavra de conforto, um olhar de atenção, um gesto de carinho, uma demonstração de afeto quase despreocupada... São tantas as formas, tantas maneiras distintas... Em certos momentos basta estar ali, ao lado, mesmo sem dizer uma palavra, mas estar ao alcance de um leve encostar, como quem apoia e suporta todo o peso que possa te causar dor ou mal estar...
Certos dias pode ser simples assim, outros talvez precisem de um pouco mais de esforço para tentar melhorar alguma coisa e fazer o dia ensolarado com apenas um sorriso... Como tudo na vida, depende muito de alguns fatores, todos eles são sempre uma surpresa...
Não tem como saber se você está agindo certo ou não. Não tem fórmula para isso... você apenas torce para que dê certo e que faça o coração do outro se aquecer, mesmo que seja ao ver que você está tentando.
Torço para que o frio lá fora não entre no olhar daqueles que tanto amo, e que suas dúvidas e seus pesares se desfaçam rápido como aquela neblina das manhã geladas... não importam os caminhos o que importa é que estou sempre ali, ao lado, mesmo que seja para não dizer ou fazer nada, mesmo que seja só para estar ali...

Esse post tem várias aplicações, tantos sentidos... Mas hoje, em especial, é para o meu irmão...
É como costumo dizer para ele, estou sempre lá, se ele não quiser conversar, mas quiser colo, estou lá; se quiser falar e alguém para ouvir, estou lá; se quiser conversar, estou lá... Posso não ser a melhor opção, posso não ser a melhor irmã (mas sou a que ele tem), posso não ser um monte de coisas... mas posso tentar ser alguma que possa ajudar...
Tenho um orgulho enorme desse cara, um amor quase sufocante de tão intenso... e mais que irmã, quero ser amiga... do meu jeito aleatório acho que ele sabe disso tudo...rs

Bjos


(Título: Norah Jones )

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...