23 de setembro de 2011

Quase uma Becky Bloom?

Sabe, às vezes sair para as compras é um suplício, outras vezes é só diversão. Não gosto de gastar, e quem me conhece sabe que mesmo adorando comprar odeio gastar...rs
Outra coisa que não me faz muito feliz é provar roupa, passo mais nervoso do que me divirto. Seja pelos tamanhos não padronizados das roupas que me fazem ficar louca e confusa e me fazem sentir que nada ali é pra eu usar... ou pelo processo irritante de ficar trocando milhares de vezes as trocentas peças que sou obrigada a provar... vai que serve e eu não provo, não levo e depois me arrependo...rs
Uma parte irritante e ao mesmo tempo divertida é aquela roupa que vista no cabide/manequim parece uma coisa, mas no corpo da gente, respirando, é outra coisa.

Mas tem aquele dia em que você acorda com aquela disposição de sair correndo, provar e se gostar pegar pra si e adotar a tal peça. Isso é meio raro, comigo, mas acontece. Algumas pessoas podem questionar se é raro mesmo, mas querer e olhar é diferente de levar tudo pro provador super animada. (#tenhodito)
E nesses dias de passeio, de diversão, uma das partes da graça está em escolher algumas coisas diferentes, que você normalmente não escolheria, só pra ver como ficaria em você e no seu corpinho, que não é igual aos das modeletes nem dos manequins de loja.
E qual foi minha escolha?







Pois é, acho lindinhos e tal, mas nunca acho que vai cair bem em mim. Não me pergunte o motivo, só sei que olho, paquero, mas não provo e não levo.
Ia testar umas maxi saias, mas não achei, parece mentira (já que é o novo hit) mas não é. Então vi um vestido dando sopa na arara da Luigi Bertolli, e fiz a fatidica pergunta: "Por que não?!" E lá fui eu para o provador.
Confesso desde já que apesar de ser fofo e romântico, rola aquela apreensão de achar um look meio "cara de vovó/tia", sabe? Fui meio com pé atrás... afinal no cabide ele tava molinho e faceiro, mas com cara de nada... nem sei o que eu vi nele...

Provei tudo e deixei ele por último... e foi então que...

Foi aquele momento "Ahhh..." (eu queria saber explicar, mas sem imitar não rola...rs)

Os olhinhos brilharam e não é que o danado do vestido ficou lindo! E não é que eu me rendi ao floral! E no final ele parecia uma coisa e no fim era outra... um amor de vestido!rs
Mesmo sabendo que gastei to feliz e saltitante... não ia deixar passar esse... já basta esse trench coat e de um outro vestido (esse aqui). Levei pra casa, né...depois posto fotinhos dele...rs

bjos
e simbora guardar os cartões... rs

4 comentários:

Aline Aimée disse...

Puxa, fiquei super curiosa!!!
Mostra pr'a gente?
;)

E tb odeio gastar, embora ame comprar, hehe.

Beijo!

KINHA disse...

Olá Clau

Lindos!
Eu sou Kinha do blog Amiga da Moda e vim conhecer seu super espaço. Já estou te seguindo. Vou aguardar sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

Venha participar do SORTEIO DAS PARCERIAS, só falta vc...

Bjooooooooooooooo.....................
www.amigadamoda1.com

Clau disse...

Pode deixar Aline, logo logo monto um look com ele e coloco o post...rs

bjos

Clau disse...

Obrigada Kinha... vou passar lá sim...
bjos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...