24 de agosto de 2015

Sobre séries... Z Nation é uma boa e grata surpresa


Série do Canal Syfy sobre um mundo pós apocalipse zumbi - até então não temos muita novidade, não é?!
Mas a trama segue e mostra um plus bem interessante quando nos mostra um foco numa jornada de um grupo que tem como objetivo atravessar os Estado Unidos para levar um portador de uma possível vacina ao vírus/doença que causou a zumbificação da humanidade. Esses personagens que compõem a trupe bem disfuncional são muito interessantes e ao desenrolar da história descobrimos um pouco do passado e da personalidade deles. E a parte interessante é o fato de que nem todos são amigos, eles muitas vezes não se suportam, mas a necessidade de sobreviver se torna maior, então eles criam essas conexões para conseguirem ir mais longe - seja contra os zumbis ou contra os humanos que se mostram cada vez mais corruptivos e perigosos.
À primeira vista eu não contive as comparações com as toneladas de filmes do gênero e principalmente com a série The Walking Dead, mas logo me surpreendi com  a diferença. Z Nation me passou uma pegada mais "road movie", realmente diferente da por vezes calmaria extrema e da estagnação de TWD. Aqui em Z Nation os episódios são trechos da constante tentativa de continuar a viagem ao local da missão e é comum notar que há um espaço de tempo que não vemos durante as pausas entre os episódio, e muito da construção dos personagens se dá também pelo que acontece fora da tela, muito de suas relações e conexões é relatada em comentários de passagens que teriam acontecido longe dos olhos do espectador e o interessante é que isso não diminui de forma alguma a importância desses fatos, não faz falta (exceto pela curiosidade) e fica subentendido - no fim, parece que estávamos com eles nesse tempo todo.
A criatividade no que diz respeito aos recursos limitados e inclusive nas soluções dos personagens são muito boas - objetos inusitados para matar zumbis são sempre bem vindos. Outro recurso bem bacana é o personagem grande irmão - Cidadão Z - que serve de farol dos sobreviventes, narrando a história e fazendo parte dela, dando notícias aos sobreviventes por rádios e tecnologias possíveis e proporcionando boas sacadas e uma ótima trilha para a fuga.
Enfim, a idéia, os personagens e a diversão de boas músicas, referências e uma saraivada de zumbis meio toscos são garantias de uma boa diversão ao bom e velho estilo de filme b.

Para quem não tem o Syfy liberado em casa, a primeira temporada está disponível no Netflix.
Agora só me resta esperar pela segunda temporada para descobrir o desenrolar da história...

:)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...